Veja se suas dúvidas estão aqui. E se sinta à vontadepara entrar em contato com a gente.Será um prazer atender você.

Outras dúvidas / Perguntas frequentes

O que é Geração Compartilhada?
A geração compartilhada foi introduzida na regulamentação do setor através da RN 687 da ANEEL, de 2015 que entrou em vigor em 2016.
Através da geração compartilhada, diversos interessados podem se unir na forma de cooperativa ou consórcio, instalando um sistema maior de micro ou minigeração e possam compartilhar os créditos de energia gerados pela usina. Desta forma, é possível ter um ganho de escala através de instalação de usinas maiores do que seria feito individualmente por cada cooperado ou consorciado

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

O que é Geração Remota?
A geração remota foi também regulamentada pela RN 687 da ANEEL em 2016 e caracteriza-se pela geração de energia em um determinado local, que gera créditos para utilização em um outro local. Assim uma pessoa que mora em um apartamento por exemplo, pode gerar energia em sua casa de campo e utilizar os créditos no apartamento, que eventualmente não possui área disponível para instalação dos painéis solares.
Para que possa ser feita a geração remota e para que os créditos possam ser utilizados, a unidade que vai utilizar os créditos deve estar dentro da mesma área de concessão da unidade geradora de energia.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Quais os tipos de sistemas de energia solar? Qual o tipo certo para mim?
Os sistemas podem ser Térmicos (para aquecimento) ou Fotovoltaicos (para energia elétrica).
A energia solar térmica serve para chuveiros, piscinas, aquecimento de ambientes ou processos industriais.
Já o sistema fotovoltaico pode ser utilizado tanto para locais remotos ou sem energia, sendo chamados de sistemas Isolados ou Off grid, quanto para locais com acesso à energia elétrica para redução do consumo, sendo então chamados de sistemas conectados à rede ou Grid Tie.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Quanto produz um painel solar fotovoltaico?
Isso depende de vários fatores como a potência do painel, local da instalação, orientação e inclinação do painel, temperatura, sombreamento, dentre outros. Um painel de 100 Wp no Brasil pode produzir em média um máximo entre 400 e 650 Wh por dia (ou entre 12 e 20 kWh por mês). Um painel de 200 Wp produzirá o dobro. Deve-se ainda considerar as perdas de energia, na ordem de 35% para sistemas com baterias e 20% em sistemas conectados à rede.
Para calcular sua necessidade, você pode simular em nossa calculadora solar
Para dimensionar seu sistema como um todo, solicite um estudo e orçamento

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Qual a diferença entre W, Wp, Wh e kWh?
W (Watt) é uma unidade de medida para potência (equivalente a um Joule por segundo). Potência é a quantidade de energia cedida por uma unidade de tempo.
Wh (Watt-hora) é uma unidade de medida de energia gerada. Ex: Uma potência de 10 W exercida por 3 horas equivale a 10 x 3 = 30 Wh
Wp (Watt-pico) é a unidade de medida utilizada para painéis fotovoltaicos e significa a potência em W fornecida por um painel em condições especificas e reproduzidas em laboratório. É a potência máxima que um painel pode fornecer em condições ideais.
kWh (kilo-Watt-hora) são 1000 Wh sendo que k se refere a 1000 para qualquer unidade de medida, como por exemplo kWp e kW que são 1000 Wp e 1000 W respectivamente. kWh é a unidade de medida de nossa conta de luz
(Ex: Um painel de 100 Wp utilizado por 50 horas – com irradiação e condições especificadas de laboratório – produzirá 5.000 Wh ou 5 kWh)

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Quais dados são necessários para dimensionar um sistema fotovoltaico?
Existem detalhes particulares de cada sistema, mas os dados básicos são:
Sistemas isolados (off grid):
Lista de equipamentos com Potência (W), Horas de uso por dia (h) e Voltagem de funcionamento dos equipamentos (12V, 110V, 220V, etc.)
Local da instalação (Cidade - UF)
Autonomia requerida em dias (quantos dias sem sol o sistema deve suportar)
Sistemas conectados à rede (grid tie)
Consumo mensal em kWh
Voltagem (110V, 220V, etc.) e tipo de sistema (mono ou trifásico)
Local da instalação (Cidade - UF)

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Quais equipamentos são necessários em um sistema solar fotovoltaico?
Painéis fotovoltaicos: Que captam a energia solar e transformam e energia elétrica
Inversores: Que transformam a corrente contínua (CC) em corrente alternada (CA) e ajustam a voltagem de acordo com a necessidade. Inversores de sistemas conectados à rede elétrica também possuem a função de sincronizar o sistema com a rede.
Baterias: Usadas em sistemas isolados para armazenar energia
Controladores de carga: Usados em sistemas isolados e que controlam o carregamento das baterias
Outros equipamentos: Além dos equipamentos principais, são necessários ainda Cabos, Estruturas de fixação para os painéis, Proteções elétricas, e outros acessórios.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Posso produzir energia solar fotovoltaica em minha casa ou empresa?
Sim e este é uma das aplicações mais utilizadas em todo o mundo. O sistema funciona de forma integrada com a rede elétrica e o consumidor pode trocar energia com esta rede, pagando apenas a diferença entre seu consumo e a produção própria de energia.
Caso você não tenha acesso à rede elétrica é possível fazer um sistema isolado (off grid). Neste caso, o sistema precisará de baterias para armazenar a energia para a noite e dias nublados.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

A instalação dos sistemas fotovoltaicos é difícil?
Sistemas pequenos e isolados (off grid), compostos por até 3 ou 4 painéis são de fácil instalação e menor risco, mas é recomendado que seja realizada por um profissional com familiaridade com sistemas fotovoltaicos. Já para sistemas conectados à rede ou sistemas off grid maiores deve-se recorrer a um profissional especializado.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Existe diferença entre os diferentes tamanhos de painel?
Os painéis menores são geralmente utilizados para sistemas isolados, com baterias, enquanto os painéis maiores para sistemas conectados à rede elétrica. Isso acontece devido a voltagem típica de cada painel, 18V para os pequenos (até 150 Wp ou de 36 células) e 30V para os maiores (265 Wp de 60 células, por exemplo). Os painéis grandes não são feitos para utilização com baterias. Podem ser utilizados, porém seria necessário um controlador de carga especial (MPPT) o que aumentaria o custo total do sistema

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

E a energia eólica? Posso montar um sistema hibrido de energia solar e eólica?
Sim, um sistema de energia solar pode ser hibrido com energia eólica e também com um gerador a diesel, hidroelétrico, ou combinações com mais de duas fontes.
Com relação à energia eólica, deve se observar com muita atenção o local da instalação, pois esta fonte depende de ventos fortes, constantes e com pouca turbulência, condições não são encontradas em qualquer local. Em zona urbana ou com muitas árvores, por exemplo, a energia eólica não é recomendada. Além disso, os geradores eólicos precisam de maior manutenção, pois possuem partes móveis que se desgastam mais rapidamente. No entanto, de frente para o mar ou no alto de colinas, esta fonte tem potencial de utilização.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Qual é a vida útil do sistema?
Um sistema fotovoltaico conectado à rede tem uma vida útil de 30 a 40 anos, sendo que a maioria dos painéis fotovoltaicos tem garantia de 25 anos para produção de pelo menos 80% da potência nominal. Já os inversores têm garantia de 5 a 10 anos e uma vida útil esperada de 10 a 15 anos, podendo ser trocados. Alguns micro inversores têm vida útil maior, chegando a 25 anos.
No caso dos sistemas isolados, os inversores e controladores de carga têm garantia de dois anos e vida útil de 5 a 10 anos, mas a principal diferença (especialmente em custo) fica por conta das baterias que são caras e devem ser substituídas com maior frequência. As baterias mais usuais têm vida útil de 4 anos e baterias especiais podem chegar a 10 a 15 anos de duração, sempre dependendo de um bom dimensionamento e uso.

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato

Existem incentivos e linhas de financiamento para energia solar fotovoltaica?
Infelizmente os incentivos ainda são poucos no Brasil. Existem programas como o PROESCO (para empresas que buscam maior eficiência energética, o PRODEM (para levar energia a áreas remotas) e o Fundo Clima (voltado a geração de energia para distribuição). Além desses, existem outros incentivos e programas regionais, para fabricantes e também consumidores. No entanto, a maioria desses incentivos são de difícil acesso ou de pouca aplicabilidade, sendo muito pouco utilizados se comparados ao potencial desta tecnologia.
Existe a expectativa de que novos incentivos surjam nos próximos anos, atualizados e específicos para energia solar fotovoltaica. Caso você conheça algum outro incentivo, por favor, nos avise e ajudaremos a divulgar!

A informação foi útil? Sim, obrigadoNão, entrar em contato